Google Translate

domingo, 20 de outubro de 2013

Amizade - A importância de uma vida social feliz

Amizade - A importância de uma vida social feliz

                A amizade é um bem que nos acompanham nos momentos bons, mas nos dão forças nas horas difíceis: O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade Provérbios 17:17. Sim, quando escolhemos com cuidado nossas amizades, investimos em atenção e cuidados, respeito e diálogo, os momentos são felizes e construímos lembranças que nos acompanharão durante toda a nossa caminhada.
                Davi e Jônatas são  exemplos de amizade que se construiu nos momentos felizes, mas foi comprovada como verdadeira em momentos de crises que envolviam até a loucura do pai de um deles, a perda da sucessão ao trono e ameaças sérias contra a vida do outro. Os laços desta amizade se perpetuaram na história de vida de ambos, mesmo quando um deles morreu, pois seu filho, que acabara esquecidos por todos foi recolhido aos braços paternos do amigo do  pai que ele pouco conhecera. Isto prova que a amizade é um bem para toda vida.
                A Amizade é tão importante que Jesus preferiu ter uma relação de amigos com aqueles que querem segui-lo:  Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu tornei conhecido a vocês  João 15:15. Sim, Jesus nos falou sobre como os amigos se relacionam: Com confiança e respeito, conhecendo-se mutuamente.
                Precisamos nos envolver com pessoas, afinal, o Evangelho envolve estarmos ligados ao próximo, é um ensinamento primordial: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como assim mesmo (Mateus 22 – 37 a 39). O ser humana não é uma ilha, como dizia o poeta John Donne. Sendo assim, viver entre amigos é uma necessidade, uma atitude inteligente para que cada uma das pessoas sinta-se melhore consigo mesmo: Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais a vocês Romanos 12:10.
                Pense nisto!
Postar um comentário