Google Translate

terça-feira, 12 de março de 2013

Coragem - Maria Madalena


Maria Madalena - Coragem [Pastor Sérgio Silveira]



A ressurreição e a coragem de uma mulher
Pastor Sérgio Carlos da Silveira
(Mateus 28-1) No fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.
A História de Jesus todos nós conhecemos, sabemos que veio ao mundo, viveu aqui, exerceu seu ministério e cumprido os dias de sua Obra, expirou na cruz, onde padeceu dores horrendas.
Só que depois de 3 dias, Jesus ressuscitou.
Amanheceu um domingo que não era como outro qualquer, seus discípulos estavam escondidos temendo o pior, mas houve alguém que resolveu agir de forma diferente e foram as mulheres, elas pegaram os olhos, ervas e essências necessários para o cuidado do corpo de seu Mestre e seguiram em direção ao túmulo onde Ele jazia.
Ao descobrirem que Ele não estava mais lá, elas se desesperaram, mas houve entre elas alguém que agiu de forma diferente: Maria Madalena.
Quando todos se atemorizaram, ela ao ver um dos guardas do campo onde Jesus fora enterrado, foi ao encontro dele e cobrou dele a responsabilidade que ela julgava ser daquele homem, mas qual não foi sua surpresa, ela descobriu que Jesus estava vivo e que iria ter com eles onde estavam escondidos os seus irmãos.
Jesus prometeu. Ela creu. Assim como creu no que parecia impossível e seguiu para contar aos demais.
Ela sabia que a notícia que levava era absurda, mas ela seguiu seu caminho com a Mensagem do Mestre não importando como reagiria os outros discípulos.
Maria foi a Mensageira da Vitória da Vida contra a Morte!
De fato, como era previsível, os demais seguidores de Jesus, que agora estavam amedrontados, não acreditaram em sua Mensagem, tanto que foram eles para o lugar onde Jesus fora sepultado.
E de fato Jesus não estava mais ali.
Podemos usar as mais belas palavras para falar sobre a atitude desta mulher, mas jamais poderemos esquecer de sua coragem.
Ela venceu seu próprio medo, foi corajosa, venceu a barreira criada pelo medo daqueles homens, venceu o preconceito de ser uma das poucas mulheres, que sozinhas seguiram naquela madrugada para o sepulcro, venceu ainda o medo de crer, reagiu a desconfiança dos discípulos quanto à sua descoberta e em sua condição de mulher, em uma época onde elas tinham pouco respeito na Sociedade, não se negou a fazer a sua parte.
E como era dolorosa sua parte!
Ao afirmar que Jesus ressuscitara, ela estava mexendo com os sentimentos dos demais discípulos, mas ela cumpriu seu papel e transmitiu a Mensagem, sem se importar com o que os outros iriam falar!
Esta mulher nos deu uma lição maravilhosa de crer no que parece não merecer crédito.
E ela foi abençoada com a presença do Senhor no lugar onde estavam escondidos os seus seguidores.
O que nós faríamos no lugar de Maria Madalena?

Postar um comentário