Google Translate

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Deus entre lágrimas

Conheça seu Deus entre lágrimas
Elisabeth Lorena Alves
Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia (Salmo 34-8).

Uma coisa precisamos entender e logo, se queremos realmente seguir a Jesus e se acreditamos que as promessas que Ele fez em nossas vidas se cumprirão: Teremos aflições no mundo.
Não quer dizer que por termos alguma promessa em nossa vida, a vida se fará fácil, como se fosse uma caixinha que só tem boas surpresas.
A História de Davi é sem dúvida um grande exemplo para nós. Ele era um menino diferente de seus irmãos, tanto que eles foram criados para serem soldados, já o menino Davi era relegado a condição de pastor de ovelhas. Vivia até afastado de sua casa, levando os animais pelo campo. Tinha por companhia sua harpa e com ela fazia suas músicas e nela dedilhava sua solidão.
Um dia, estando ainda distante a pastorear suas ovelhas, sua casa recebe uma visita ilustre e ele nem foi lembrado no campo.
Aquela visita viera ungir um rei entre os muitos filhos de Jessé. Ninguém pensou em Davi. A visita, um sacerdote de Israel viera a sua casa com um firme propósito e em seu coração pensava que seria fácil. Afina os filhos de Jessé eram bem apessoado. Mas Deus vê diferente e distante. Deus percebeu Davi no campo e conheceu o coração daquele pastor de ovelhas.
Quando todos os seus irmãos foram rejeitados, alguém lembrou-se do menino esquisito e mandou busca. Provavelmente Jessé já perdera a esperança de ver um filho seu como Rei de Israel, mas os planos de Deus era outro.
Davi foi ungido rei.
Só que ser ungido rei e ter que esconder esta condição para manter sua vida, era algo difícil de fazer. Mas Davi fez. Cuidou de sua vida e das de seus familiares e nunca abriu seu segredo para ninguém.
Mesmo sendo ungido de Deus, Davi sofreu perseguições, teve inimigos, chorou. Em seus salmos vemos ele afirmar que molhava seu travesseiro. E esta atitude é de quem não tem com quem contar, espera a noite chegar e desmancha-se em lágrimas no travesseiro, sem alento, apenas esperando um consolo que parece que nunca virá.
Então, hoje, quando as lágrimas rolarem por seu rosto, quando a tristeza apertar seu coração, quando o soluço apertar sua garganta, lembre-se de Davi. Saiba que não é por sermos ungidos do Senhor que as lutas não virão sobre nossas vidas, mas saiba também que um dia, quando nem esperarmos, a vitória vem.
Graça e paz amados!

Postar um comentário