Google Translate

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Sobre viver na luz e sem aquelas culpas, sabe?


 culpaA Mulher de Fé sabe que nem todas as tristezas da vida serão capazes de mudar a intensidade de suas últimas decisões. Disse a si mesma que ficará firme e que nada será capaz de retirá-la de sua nova busca. Já viveu muito tempo na escuridão e agora que encontrou esta luz, não quer deixa-la nunca mais. Seu mundo parece ter ganhado brilho. Apenas sua alma é que ainda não está completamente decidida. “Não sei se serei capaz de viver sem aqueles antigos vícios. Eles, apesar de gerarem culpa e angústia, me davam certo prazer imediato”, diz a alma aparentemente angustiada. Mas a Mulher de Fé sabe que não pode mais ser direcionada apenas por sua alma confusa e incerta. Chegou o tempo de viver coisas consistentes. Não quer mais aqueles sentimentos de culpa e de desespero que a dominou durante tanto tempo. Ela está em paz e é assim que deseja viver todos os seus novos dias. Na luz, em paz e sem culpas. 
Thiago Mendes
Postar um comentário