Google Translate

terça-feira, 21 de agosto de 2012

boa Resposta aos Machistas




Não maltratem nossas mulheres
Elisabeth Lorena Alves
Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; sempre aprendendo, mas nunca podendo chegar ao pleno conhecimento da verdade (II Timóteo 3- 6 e 7)
Alguns pregadores adoram usar de forma pejorativa este versículo da Bíblia para afirmar que mulheres não podem guiar uma Igreja, administrar um trabalho e exercer a liderança na Obra, pois, segundo eles, o apóstolo Paulo era contra esta prática.
Não vou entrar no mérito da questão, pois não é o meu foco hoje. Mas quero lembrar que ainda usando este versículo, muitos pregadores desvalorizam o trabalho das santas mulheres que doaram sua vida a um ministério honrado e constante como senhoras de oração. Afirmam que as mulheres que exercem liderança na Igreja são mulheres com problemas emocionais específico e mal amadas.
Quando Paulo falou sobre estas tais mulheres, ele não citou todas as outras, ele falou sobre pessoas do gênero feminino sim, que tinham a mente volúvel e que eram capaz de seguir qualquer nova doutrina. Repito: O apóstolo não generalizou, citou casos específicos de pessoas que provavelmente deixavam ser levadas por novidades, por experiências pessoais novas, tidas como cristãs. Não se referia ao sentimentos específicos, mas ao caráter destas mulheres.
Caráter nada tem a ver com o que uma pessoa sente ou alguém sente por esta.
Caráter é algo pessoal e intransferível.
Já sentimentos e vida sentimental é outra coisa.
O fato de uma pessoa ter problemas emocionais não a torna menos crítica, não faz uma pessoa trair a sua fé ou, vamos pisar fundo, trair seu marido.
O que faz uma pessoa tomar atitudes precipitadas e erradas é a mé formação de seu caráter.
Quando acusamos uma pessoa por causa de sua atitude e justificamos seu deslize pelos sentimentos que ela tem por alguém e alguém tem por ela, estamos tornando público nosso despreparo para uma discussão inteligente, nossa falta de noção do assunto e expondo algo perigoso: nosso preconceito.
Muitas sábias mulheres fazem parte de um Exército silencioso que tem mudado o mundo através do Evangelho. Muitas esposas com suas atitudes cristãs, norteadas pela Bíblia, tem ganho seus familiares para Jesus. Outras tantas delas tem acrecido o grande Batalhão de Intercessoras ao longo dos Séculos e é pelas mãos de muitas mulheres que grandes homens de Deus foram levantados.
Quando lemos a Biografia de alguns Heróis de nosso tempo, podemos notar a importância de suas mães, esposas, filhas e amigas em suas vidas e ministérios. Não podemos ainda esquecer de mulheres do passado que com seu poder dentro de seus lares, transformaram vidas na própria Palavra. Rute, que com seu comportamento obediente, conseguiu trazer honra para sua família. Ester que com sua postura de confiança, conseguiu preservar a vida de seu povo. Débora, que numa época em que os homens se afastaram da Lei, tornou-se juíza e conseguiu incutir força em um homem para que ele liderasse um Exército. Jael, que em sua atitude destemida, usou de sua inteligência para matar um inimigo perigoso. Seerá (I Cronicas 7-24) que fundou cidades, sendo uma mulher a frente de seu tempo. Estas e muitas outras, na Bíblia. Fora da Bíblia, podemos destacar Susana Wesley, mãe de Charles e John Wesley. Esta imbatível mulher que levava seu ministério pessoal como mãe, educadora e missionária de seus filhos até as últimas consequências e soube incutir neles o respeito a Deus e a Sociedade.
Assim, se olharmos mais além, vamos encontrar mães e mulheres maravilhosas, que não se deixaram corromper pelas vilanias de homens inoportunos, que se aproveitam que os maridos e pais não estão em casa e tentam fazer o serviço da serpente, aliciando mulheres para viverem de forma contrária a fé e as regras da Bíblia.
De outro lado, lembramo-nos da advertência de Paulo para que os esposos amassem suas mulheres como Jesus amou a Igreja e por ela se entregou (Efésios 5-25), e se de fato existem em nosso meio mulheres mal amadas, a culpa é dos homens que se dizem seus esposos e cristãos, mas estão em falha com a advertência do apóstolo.
Antes de acusarmos alguém de agir de uma forma determinada, devemos cuidar de saber quem somos nós e o que estamos fazendo para que aquilo que estamos tentando com bater não caia sobre nós.
Que todos nós aprendamos com cuidado, que uma pessoa pode sim agir de forma errada, mas por ter sido nascida no pecado e o que é isto? Com o advento do pecado ao mundo, o homem nasce corrompido, trás em si as marcas da velha criatura e só o conhecer de fato a Palavra e colocá-la em prática faz com que uma pessoa tenha seu comportamento curado pela Graça e de Justiça do Senhor.
Agir de forma que agrada a Deus é uma questão de comprometimento com os desígnios de Deus e não por simples alusão a este ou aquele sentimento humano, passageiro, falho e imperfeito.
Que possamos aprender mais para sermos misericordiosos e jamais agirmos de forma a desagradar a Deus. Sim, quando agimos de forma a entristecer nossos irmãos, desagradamos ao Sen hor, pois Ele espera que nos amemos uns ao outros.
Postar um comentário