Google Translate

sábado, 17 de março de 2012

Casamento e a Fé

Casamento e a Fé
Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.
Hebreus 11:1

Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.
Hebreus 11:1
Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.
Hebreus 11.1
Sem fé é impossível agradar a Deus, mas obviamente esta falta vai mais além. Sem fé é impossível entender os propósitos de Deus para todas as áreas de nossa vida, afinal se cremos que vivemos debaixo de um propósito divino – a pesar de estarmos livres para fazermos nossas escolhas – devemos em tudo colocar a nossa fé em prática . E isto também em relação ao casamento.
O casamento não é uma instituição humana, ele foi criado no Jardim ANTES DA QUEDA DO HOMEM e com o objetivo de trazer felicidade a raça humana e não apenas como um meio de procriação como querem a maioria das pessoas nos fazer acreditar.
O casamento é uma construção diária que deve ser alicerçada na fé, afinal esta é a motivação que nos faz acreditar que tudo dará certo e, para que tudo termine bem, cada um deve fazer a sua parte.
A Fé é energizada pelo que construímos em palavras que eu me faço ouvir. E isto enquanto casal. Ambos devem trabalhar juntos para que o casamento dê certo. Sonhe juntos o futuro e firme a realização com o trabalho diário e chegarão ao objetivo desejado. Converse sobre o que querem para a vida toda, falem sobre cada uma das dúvidas e nunca, jamais permita que as pessoas de fora coloquem sobre suas vidas palavras que tirem a motivação e os desanimem.
Mesmo quando tudo se mostra difícil, pois em certos momentos estamos nos readaptando a novas situações e passar por dificuldade é uma realidade, que a fé não ignora – que fique claro – o melhor é conversar. Rever a validade do plano de Deus para o casal é uma necessidade para estes momentos e dizer um para o outro – com companheirismo – o que esperam conseguir mais além, trás novas forças para continuar a caminhada.
Alguns casamentos afundam simplesmente porque o casal esquece a quem se dirigir quando sentir necessidade de encontrar apoio. E este apoio só encontramos na comunhão com o Senhor, o Criador do Casamento. Se não falamos com Deus, como podemos manter aberto o canal da comunhão? Não buscar a Deus e querer resposta é como não tirar o telefone do gancho e mesmo assim querer falar com uma pessoa do outro lado do mundo. Você vai permanecer sem contato, mesmo sabendo a quem se dirigir para encontrar a resposta. E é através da oração e da Leitura e no Meditar na Palavra que encontramos a resposta para cada uma de nossas questões.
Aquele que anda corretamente será recompensado: “porque o Senhor Deus é sol e escudo, o Senhor dá graça e glória, nenhum bem sonega aos que andam retamente” Salmo 84.11. Creia que teu casamento tem jeito. Converse sobre ele e crie estratégias para que ele seja de fato uma benção e que sejam felizes dentro dele. Você precisa entender uma coisa urgentemente: Seu casamento te dará prazer quando ambos trabalhar juntos para que isto aconteça. Pare de acreditar que culpa de do outro. Até porque a culpa não é de um só, sempre é dos dois, de um porque olhou para o outro lado e do outro porque não se importou com isto.
Enquanto você não perceber que o casamento é um investimento e que injetar nele fé e confiança é uma atitude diária, nada vai acontecer.
Pense nisto!


Postar um comentário