Google Translate

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Falando de Amor...


                 O Amor deve ser uma meta a ser conquistada todos os dias

O que a Bíblia diz sobre o Amor?

Existe toda uma definição sobre amor e é dita nos altares e cantadas em louvores. Mas o amor existe? O que é o amor?
“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha” (1 Coríntios 13:4-7).

            Lendo isto muitos pregadores e estudiosos vão até querer comentar dizendo que esta é a descrição do amor de Deus. Pior é que não vou poder discordar, afinal é assim que fui ensinada a vida toda. Este é o amor Agape, do grego "αγάπη".
            Você pode não acreditar, mas apesar deste amor ser relacionado à Deus, é um sentimento necessário para a manutenção de um casamento. Você precisa aprender a abrir mão de muitas coisas para manter a estabilidade de uma relação. Vai precisar olhar para o outro com misericórdia e o outro deverá fazer assim para com você.

          Constantemento o amor  é visto como um impulso sentimental. Mas isto não é de fato amor. O Amor é  um princípio sagrado que envolve cada fase da vida.Onde há o verdadeiro amor, o casamento não pode falhar. Sem ele não pode vingar.

          Vamos falar sobre tres frases do versículo citado acima:  “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha” (1 Coríntios 13:4-7).

        O amor é sofredor - E claro que  o amor é sofredor, mas sendo sofredor não pode ser destruído pela impaciência.Não importa o que vão fazer ou falar, mas quem deseja fazer algo por seu relacionamento deve sim lutar para mante-lo e nesta luta haverá, por certo, muitas tristezas e dores. Ninguém sái impune da guerra, sobram sempre marcase hematomas, que comprovam que se esteve no campo de batalha;
      O amor seja benigno - Ora sendo o amor benigno, sua bondade filtrará muitas situações difíceis, pois é através da bondade que chega o perdão. Existem no casamento pequenas e grandes situações que acabam desequilibrar todo o bem estar familiar, mas que podem ser diblados com bondade e diálogo. É a bondade que fará com que você ouça com atenção e prepare seu coração para perdoar o outro em suas fraquezas.
       O amor não é invejoso - Ora, se amo alguém, vou querer o melhor para esta pessoa e, infelizmente, vou torcer para que esta pessoa esteja bem comigo, mas que esteja bem com as  outras pessoas também. Nada de discussões desnecessárias, de apoiar mais a família de e do outro. O casal precisa saber que ambos são u em Cristo, mas que pode partilhar sua  vida e sonho.
      Casamento é baseado em sinceridade, em cuidar bem um do outro. Todos devem sempre cuidar para que o sentimento  não se desgaste,
Postar um comentário