Google Translate

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Casamento e Comunicação - Erro de Sinal

Casamento – Estamos Ocupados

Dize-me, ó tu, a quem ama a minha alma: Onde apascentas o teu rebanho, onde o fazes descansar ao meio-dia; pois por que razão seria eu como a que anda errante junto aos rebanhos de teus companheiros? (Cantares de Salomão 1-7).
Quem se lembra daqueles telefones públicos – em São Paulo, na época da TELESP, eles eram laranja com o símbolo azul – que a gente usava fichas telefônicas para utilizá-los? Quero lembrá-los das vezes que íamos até eles e os cujos engoliam suas fichas e ainda te respondiam com o sinal de ocupado. Era revoltante.
Só que alguns casais vivem como os velhos orelhões, engolindo as fichas e retornando apenas o nada silencioso tum, tum,tum – sinal típico de telefone ocupado.
Me pergunto: Porquê? Simplesmente por estar preso as ocupações diárias.

Salomão escreveu um livro e se observarmos bem, é composto de diálogos – na minha Bíblia ainda está impresso com as Bíblias antigas – e este livro é muito útil ao casal, atende todas as suas necessidades.

Na verdade ele é lido apenas no modo poético, de forma metafórica, mas se você ler bem, com os seus olhos abertos e seu raciocínio funcionando, tanto homem como mulher vai aprender a tratar bem o seu cônjuge. Afinal, a jovem ali retratada e uma mulher que amava se cuidar e o noivo não era diferente, era muito cheiroso, perfumado com óleos e unguentos. E não serve apenas para as pessoas aprenderem a dialogar ou cuidar da higiene, é um livro que te auxilia em várias dúvidas da vida a dois. Experimente ler – repito – com o seu raciocínio livre de prévias interpretações, veja-o como um manual de como viver bem a dois.

Fica esta mensagem por dica para que juntos vocês possam ler e aprender mais da Palavra, de forma que seja útil para sua vida prática e não apenas por teoria.

Aproveite o dia de hoje para mudar o sinal de seu casamento – de ocupado, para livre. E experimente uma novidade de vida.
Postar um comentário