Google Translate

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Dorcas - Exemplo de Discípulo

Dorcas, exemplo de Discípulo


Dorcas, exemplo de Discípulo

Um novo Mandamento Eu vos dou, que vos amei uns aos outros, assim como Eu vos amei' ( João 13.34).

Trabalhando com o que tem

Agulha, Linha e Tecido e Dorcas exercia o ministério do amor, assistindo em suas necessidades, os órfãos e viúvas de Jope. 
Talvez esta seja a maior lição deixada por uma grande mulher, que se não fosse um incidente com sua morte prematura e sua ressurreição, passaria anônima para os cristãos de nossos dias. Talita era seu nome. O nome de uma mulher que usava seus conhecimentos para servir a o Senhor com seu dom, com sua aptidão para a costura.
Ela entendeu as Palavras de Jesus ao dizer que deveríamos amar ao próximo como Ele mesmo nos amou.

Talita, ou Dorcas, como era chamada em grego, foi chamada de discípula em Atos 9-36 - E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia. Na verdade apesar de existir muitas referências sobre mulheres que assistiam Jesus e os apóstolos e os serviam com sus posses, nenhuma delas foi chamada de discípulas. Mas Dorcas é apresentada por este título por Lucas, o escritor de Atos.
Nada sabemos de concreto sobre Dorcas, quem era sua família, de onde veio de fato, seu estado civil e nada mais nos é falado sobre esta mulher, mas seu amor pelos irmãos menos abastados, sendo em especial pelos órfãos e viúvas, a quem atendia com carinho e amor e por quem era muito amada chegou até nós através do testemunho deixado pelo apóstolo Lucas.
Como bem registra a Palavra, a marca do verdadeiro cristão é o amor que ele mostra aos demais. Amor que não se importa com mais nada a não ser com aqueles a serem atendidos por suas mãos e aquecidos pelo seu coração, afinal o amor é a verdadeira religião, como afirmou outro apóstolo: A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo(Tiago 1:27).
Além de ajudar os irmãos dá sua Fé, ela praticava esmolas. Que grande exemplo este para nossos dias em que nos negamos a dar uma moeda que seja, nos desculpando com a ideia de que alguém poderá usá-la para usar entorpecentes lícitos ou não.
Muitos dos fiéis morreram antes de Dorcas e muitos outros e ela própria morreriam depois, mas seu amor pelos seus irmãos e seu modo de ser, fez com que ela voltasse a vida após seus amigos pedirem ao apóstolo que orasse ao Senhor, pedindo por sua vida: E, como Lida era perto de Jope, ouvindo os discípulos que Pedro estava ali, lhe mandaram dois homens, rogando-lhe que não se demorasse em vir ter com eles (Atos 9:38).
Imagine a alegria entre os fiéis ao receberem-na viva depois da oração do apóstolo Pedro!
É importante nos darmos testemunho de nossa Fé em Deus demonstrando nosso amor ao próximo, pois nosso exemplo permanece mesmo depois de nossa partida. Mas no caso desta mulher tão amada, seu testemunho serviu-lhe para trazê-la de novo a vida, além de trazer novas almas ao Senhor, já que sua ressurreição trouxe novos crentes à Igreja primitiva: E foi isto notório por toda a Jope, e muitos creram no Senhor (Atos 9:41-42).

Esta é outra lição que aprendemos sobre darmos exemplo de comunhão, Fé e Amor a Deus e ao Próximo, a importância que terá sobre a vida dos outros nossas próprias bênçãos, vitórias e ação de Graça. Sim a alegria daqueles irmãos que foram alcançados pela ressurreição daquela discípula atingiu aqueles que não viviam a mesma fé e foram por alcançados por tudo que ouviram e viram, vindo a receber o Senhor Jesus como Salvador de suas vidas.
Aleluias!
Postar um comentário