Google Translate

domingo, 20 de novembro de 2011

Criação de Filhos

Criando Filhos

Bíblia e Educação de filhos
Deuteronômio 6- 1 a 9

Vivemos em uma época em que a mídia esta alardeando que descobriu o melhor meio de educar filhos, métodos saem das Editoras mais rápidos que pães das Padarias. Só que passa os dias vem outro especialista e desmente o primeiro e vira um círculo vicioso, vai e volta e nada se ensina ou se aprende da forma que insistem, pois criar filho sem disciplina, sem limites e sem correção.

A Bíblia é o melhor método de Educação que pode ser usado pelos pais. Claro que não existem métodos mágicos, mas a Palavra de Deus é equilibrada em seus conselhos.

Devemos fugir desta libertinagem que insiste em dizer que o melhor método de Educação é o da Liberdade.

Educar com Disciplina

Baseando -se nos resultados obtidos com as péssimas experiências que observamos na Sociedade, é fácil vermos que o melhor a se fazer é usar a disciplina na criação de filhos.
Treinamento– O sábio ensinou algo maravilhoso sobre isto ao afirmar que A estupidez está ligada ao coração do menino; mas a vara da correção a afugentará dele (Provérbios 22-15).
Se bem que é estupidez também da Sociedade que tem regras para tudo, as pessoas batem cartão, tem horários para entrar na escola, as conduções tem horários para passar, os empresários possuem agendas e, quando é para formar filhos não aceitam impor limites.
    A Correção
    Os pais devem sempre corrigir seus filhos, mesmo que ame, devemos seguir o conselho do sábio que diz que o Senhor corrige aquele a quem Ele ama (Provérbios 3-12).
    Tem um pensamento que diz que é de pequeno que se torce o pepino, mas apesar das pessoas dizerem que está fora de moda, a melhor época de se ensinar uma criança é desde amais tenra infância.
    Se você acha graça na criança que bate no rosto dos pais ou fala palavras de procedência duvidosa e não a ensina a não fazer isto, quando for mais velha você não pode espera que ela seja diferente quando maior.
    Respeito

    As crianças só podem respeitar os mais velhos quando é ensinada a fazer isto. E se ela sabe se dirigir à um adulto em casa ou nas primeiras reuniões sociais que for quando criança, vai saber se dirigir aos professores, autoridades.
    Liberdade sem limite é prejudicial porque escamba para a libertinagem. É horrível ver uma criança de 8 ou 9 anos responder aos pais na frente dos outros e estes não saber como calá-los, simplesmente porque aquele serzinho que deveria se um ser dócil, nada sabe sobre limites.
    Ensinar sabendo o que ensina
    Tem muitos pais que criam os filhos sem saber ao certo onde a disciplina vai levar, simplesmente porque eles mesmos não traçaram um caminho certo para suas próprias vidas. Ensinam algo que não praticam. O ideal é saber o que quer ensinar, para saber o que cobrar.
    Todo ensinamento deve ter uma cobrança, se não tem pouco valor. Se bem educado, a pessoa, em qualquer idade, não muda seu rumo. Veja o que diz ainda o sábio: Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele (Provérbios 22-6).
    Disciplina gera Sabedoria
    Embora os pretensos educadores insistam que o melhor para educar é jamais bater em um filho ou dar a ele algum tipo de castigo. Já o sábio cria que se um filho é bem educado e e tem em seu processo de criação a disciplina e uma vara, seria a alegria da família. A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe. Quando os ímpios se multiplicam, multiplicam-se as transgressões, mas os justos verão a sua queda. Castiga o teu filho, e te dará descanso; e dará delícias à tua alma(Provérbios 29:15-17).
    Não é o caso de sangrar um filho, mas é evitar por exemplo, que a mesma mão que acaricia, castigue. Uma boa varinha, quando bem colocada, pode nunca ser usada. Peruo se um pai sabe ensinar bem, o filho sabe até onde pode e evitar o erro. Aplica o teu coração à instrução e os teus ouvidos às palavras do conhecimento. Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá (Provérbios 23:12-14).

    Erros a ser evitados durante o processo disciplinar

    As ordens devem ser claras. A disciplina deve ter um horizonte fixo, por isto os pais devem pensar bem quando senta para elaborar o plano educacional da família que formarão. Agressões, Incoerência, Exageros, Discórdia, Alienação Parental podem trazer apenas malefícios que geram filhos revoltados e desrespeitosos.
    Há de se ter muito equilíbrio na criação de filhos, mas principalmente é necessário que se dê exemplos de boa conduta. Seja como cristão, ou como ser humano comum, que somos antes de sermos cristãos, temos que gerar exemplos digno de serem seguidos pelos que nos observam e isto desde a juventude. Acho linda esta observação registrada na Carta a Timóteo: Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza”. (1 Timóteo 4:12). Sim, devemos ser exemplo de procedimento, Fé, Amor e pureza. Pureza aqui não espiritual apenas, ma s a pureza de caráter. O mais belo sermão pós morte deve ser o feito por aquele que se considerou em vida o seu oponente.
    Incoerência de Princípios é a pior coisa quando se espera resultados no processo educacional de uma família. Seu comportamento divergente dos princípios que você tenta passar aos seus filhos, geram rejeição às suas técnicas. Seu exemplo negativo é o principal motivo que qual sua autoridade é contestada.

    Conclusão
    Educar filhos não é uma tarefa fácil, pois estamos formando o caráter de uma pessoa diferente e qualquer erro como pai reflete no comportamento dos filhos.
    E como pais cristãos, devemos orar ao Senhor para que Ele nos oriente na melhor forma de educar nossos filhos e, sempre encaminha-los a Cristo.
    Se criarmos nossos filhos com os olhos focados em Deus, seu comportamento será justo e bom e nosso trabalho será menos desgastante. Ensine seus filhos a fazerem suas escolhas baseados na Palavra e viver uma vida modesta e regrada desde bem novos. Não espere eles crescerem para começar ensina-los.
    Educar seu filho é sua responsabilidade.
    Postar um comentário