Google Translate

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Perdão Instatâneo

Perdão Instantâneo?
Não permita que o sol se ponha enquanto a ira esta em ti” (Efésios 4-26)

Introdução

Em geral, em todas os nossos relacionamentos estamos passíveis de sofrer decepções, afinal estamos lidando com pessoas. Assim, é natural barrarmos nas chamadas diferenças e incompatibilidades.

Só que em alguns casos optamos por relevarmos, simplesmente porque a pessoa em questão está relacionada com o nosso ambiente de trabalho e não queremos perder nosso ganha-pão, nosso meio de sobrevivência.

E fazemos estas concessões mesmo que nosso retorno financeiro seja irrisório e que estejamos sempre trabalhando para comer e comendo para trabalhar. Aceitamos os deslizes dos outros, colegas ou chefes, como s e no mundo não houvesse outra possibilidade de emprego. Mas quando é com nossa família usamos até provérbios vazios para justificar nossa injustiça, falta de perdão, implicância, inconstância e falta de maturidade. É comum ouvirmos desculpas tais como “em casa não tolero isto” ou “comigo não violão” ou ainda, “confiança é cristal, que quando quebra não se reconstrói”, tudo frase feita e algumas delas sem sentido algum.

O que nós cristãos nos esquecemos é que devemos amar as pessoas como nos amamos e sendo assim, perdoarmos e sermos até complacentes com os outros, como somos quando o erro é nosso.

Quando o Perdão é necessário

Quando há situações que nos magoam, devemos relevar logo ao esquecimento, pois cozinhar a ira no fogo brando, gera ressentimentos e aos poucos a vida esta cercada de desconfiança. Nada fortalece mais sua relação que o perdão.

E confiança pode sim ser restaurada quando o perdão é verdadeiro.

Não vejo a confiança como cristal, vejo-a como o osso. A estrutura óssea quando ferida, fortalece-se no ponto de atrito, a pessoa pode quebrar em outro lugar, mais não no local da primeira fratura, simplesmente porque o cálcio criou ali um escudo ósseo mais forte.

Só que as pessoas perdem a confiança e diz quebrada para sempre, simplesmente porque não permitem a cura da queda anterior, os ossos foram colado fora do lugar, assim, há inchaços (picuinhas), dor (brigas) e nova fratura (briga). Constantemente o ferido tenta seguir adiante sem seguir as recomendações do ortopedista para a total recuperação.

E como perdoar?

Sabendo de tudo isto, qual é então, ou melhor, quais são, as recomendações para que uma confiança seja restaurada da forma correta?

  • Perdoar imediatamente – Efésios 4-26 -26. Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira,
  • Respeite os sentimentos do outro – Romanos 12-15 Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram.
  • Não sejam orgulhosos entre si – Romanos 12-16 Tende em vós o mesmo sentimento uns para com os outros; em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o que é humilde; não sejais sábios aos vossos próprios olhos.
  • Respeite o momento de ouvir o outro – Tiago 1-19 Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.
  • Seja humilde – Filipenses 2-3 Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo.
  • Não seja melindroso, é horrível viver com uma pessoa que se ofende com tudo – Eclesiaste 7- 9 Não te apresses em irar-te, porque a ira se abriga no íntimo dos insensatos.
  • Tenha compaixão entre si e ajam com bondade um para com o outro – Efésios 4-32 Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou.
  • Mantenha seu coração limpo de sentimentos destruitvos - Efésios 4-31 Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia.
  • Lembre-se que a Paz pode mudar tudo, se está em suas mãos, mantenha – Romanos 12-18 Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens;
  • E acima de tudo, olhe o outro com amor - I Pedros 4-8 Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados.
E orar, ora sempre para que seu relacionamento seja abençoado pelo Senhor. Tem pessoas que não oram por seu casamento por não acreditarem que Deus interfira ou se preocupe com ele, mas foi Deus quem instituiu o casamento e sendo assim, Ele quer que sua relação seja restaurada.

Pense nisto.


Postar um comentário